Escola: projeto ambiental mais impacto social.

O que fazer? Como fazer? E os resultados?

Por Carolina Marques e Erica Pereira.


O impacto na sociedade obtido através de um projeto ambiental feito para crianças na escola está relacionado a quantidade de pessoas que serão atingidas pela mensagem, assim como a participação efetiva dos próprios infantes na construção de um cuidado com o meio ambiente e, mais do que isto, no processo crescente e contínuo acerca da sustentabilidade.


Quando se é pautada uma determinada temática, como, por exemplo, o desflorestamento, diversificados trabalhos serão organizados, desde a alfabetização científica conceitual e processual, até mesmo a alfabetização ecológica, oferecendo aos alunos condições para que ele se perceba como parte constituinte da natureza, como sujeito que nela pode atuar e dela depende. Partindo deste princípio, subentende-se que os educandos levarão para dentro de casa tal discussão, além de comentar com amigos na comunidade, entre diversificadas outras formas de levar a mensagem não apenas dentro da instituição.


Projetos visam um trabalho dinâmico que trazem maior interesse para os infantes, no sentido de aplicar conceitos formais e imprescindíveis através de brincadeiras, jogos e observações reais, isto é, o que se aprende com o impacto de emoções, certamente terá maior significado, sendo assim, os discentes se sentem encorajados para encaminhar as perspectivas de aprendizado, criando ações em seu meio, como economizar água, não jogar lixo nas ruas, etc.


À vista disso, sabe-se a integração que pode circunstanciar a criação destes projetos pedagógicos, o professor, a partir da realidade da sua comunidade, instituição e, mais precisamente, sala de aula, criará estratégias e procedimentos metodológicos mais eficientes que impactarão da formação e capacitação de todos os envolvidos.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now